Buscar
  • ENBM

Vamos falar sobre Saúde Mental?

Atualmente, vemos diversas notícias abordando o tema de Saúde Mental, mas afinal, o que isso significa?


Antes de entendermos melhor o que é saúde mental, precisamos definir que existem duas principais vertentes intimamente ligadas quando falamos sobre Saúde de modo geral, a saúde física e a saúde mental. Ambos conceitos devem ser levados em consideração como um conjunto, e não de forma isolada, pois é como diz o ditado "Mente sã em corpo são!".


A Saúde Mental abrange muito além do que apenas a ausência de doenças mentais. De acordo com a Secretaria da Saúde, Saúde Mental pode ser descrita como: "A Saúde Mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e ao modo como harmoniza seus desejos, capacidades, ambições, idéias e emoções, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida".


E o Governo?


Apesar das dificuldades e dos estigmas ligados à Saúde Mental, cada vez mais tem se debatido sobre o assunto. O Governo, aos poucos vem reconhecendo o tema como um real problema e tem tomado algumas ações:


Rede de Atenção Psicossocial em Saúde Mental


"Cumprindo as ações previstas no “Plano Crack, é possível vencer”, nos meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, o Ministério da Saúde publicou uma série de Portarias que instituem a Rede de Atenção Psicossocial em Saúde Mental, propondo a criação, ampliação e articulação de diversos pontos de atenção a Saúde para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso/ abuso/dependência de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)".


Política Nacional de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas


"A Política Nacional de Saúde Mental compreende as estratégias e diretrizes adotadas pelo país com o objetivo de organizar a assistência às pessoas com necessidades de tratamento e cuidados específicos em Saúde Mental. Abrange a atenção a pessoas com necessidades relacionadas a transtornos mentais como depressão, ansiedade, esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar, transtorno obsessivo-compulsivo, incluindo aquelas com quadro de uso nocivo e dependência de substâncias psicoativas (álcool, cocaína, crack e outras drogas)".


E as Universidades?


Aos poucos, algumas Universidades têm reconhecido a Saúde Mental dos estudantes como um tópico importante e têm tomado atitudes.


UniFG:


O Centro Universitário abordou o tema em um evento realizado recentemente.O evento teve a Palestra "Vulnerabilidade e bem-estar emocional no ambiente universitário", ministrado pela psicóloga Ana Mara Dutra. A palestrante enfatizou que "É muito importante discutir saúde mental em todos os âmbitos, principalmente na universidade. É um ambiente causador de stress por natureza, pela própria produção do conhecimento e isso exige um gasto de energia. Esse stress é normal, contudo, as vezes foge do controle da naturalidade. A discussão é importante para que as pessoas possam compreender o contexto da sociedade e os fatores que provocam o adoecimento, então a contribuição é fazer refletir". Além disso, foram apresentados os diversos serviços oferecidos pela instituição para os alunos, um deles é o Centro Pedagógico e Psicopedagógico, que visa auxiliar com o desgaste mental e emocional dos estudantes.


UnB:


Os responsáveis pela instituição tem criado medidas que visam reduzir as situações de pressão que não contribuem para a formação nem produção de conhecimento

Mônica Nogueira, assessora de assuntos estratégicos da reitoria da UnB declarou que : “É um assunto que tem angustiado a todos. Nosso entendimento é que, como uma instituição educadora, devemos trabalhar pelo aprimoramento dos nossos serviços no campo do ensino, da pesquisa, da extensão com a perspectiva de criar um ambiente mais acolhedor, mais estimulante para o desenvolvimento de competências, de habilidades sociais e emocionais dos estudantes, professores, técnicos administrativos para lidar com as situações de estresse que atravessam a vida de todos nós”. Dentre os serviços disponíveis é possível citar o "Centro de Atendimento e Estudos Psicológicos (CAEP)", que funciona como uma clínica escola para alunos de psicologia da UnB e o "Núcleo de Estudos, Pesquisas e Atendimentos em Saúde Mental e Drogas (Nepasd)", no Instituto de Psicologia, para acolher alunos em situação de risco.


USP:


Por conta dos atuais casos de suicídio ocorridos na Universidade, discentes de diferentes cursos da USP criaram o "Escritório de Saúde Mental", e pela primeira vez, os alunos podem contar com uma ferramente unificada de assistência psicológica.


E o que nós podemos fazer?


Algumas dicas:

- Não se isole

- Reforce os laços familiares e de amizade

- Diversifique os seus interesses

- Mantenha-se intelectual e fisicamente ativo

- Consulte o seu médico, perante sinais ou sintomas de perturbação emocional.


E o mais importante: Procure ajuda sempre que necessário!!!


FONTES:

http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=2862

https://pensesus.fiocruz.br/saude-mental

https://www.adeb.pt/pages/o-que-e-a-saude-mental

http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-mental

https://agenciasertao.com/2018/08/08/aula-inaugural-do-semestre-na-unifg-abordou-o-tema-saude-mental/

http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2018-08/casos-de-suicidio-motivam-debate-sobre-saude-mental-nas-universidades#

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/08/usp-tem-4-suicidios-em-2-meses-e-cria-escritorio-de-saude-mental-para-alunos.shtml



407 visualizações

ENBM - Encontro Nacional de Biomedicina Todos os direitos reservados

R. Prof. Dr. Antônio Celso Wagner Zanin, Nº 250, Distrito de Rubião Junior, Botucatu - SP. 

CEP 18618-689 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle