Buscar
  • ENBM

Imunomoduladores homeopáticos: o mais novo tratamento contra o câncer


O câncer é uma das principais doenças da atualidade, sendo que, segundo o Ministério da Saúde, o número de novos casos de câncer no Brasil atingiu cerca de 600 mil no ano de 2019. O estudo desta doença e, principalmente, de novos métodos para combatê-la têm crescido cada vez mais. Entre esses estudos, destaca-se o de imunomoduladores homeopáticos.

Os imunomoduladores homeopáticos são compostos criados segundo os fundamentos da farmacotécnica homeopática, cuja função é modular o sistema imunológico do indivíduo, potencializando seu combate a agentes estranhos, entre eles, os tumores.

Pesquisas feitas no Laboratório de Pesquisa em Células Neoplásicas e Inflamatórias da Universidade Federal do Paraná (UFPR), lideradas pela Dra. Dorly de Freitas Buchi, analisaram a ação desses compostos sobre o sistema imune, sendo que os resultados mostraram que os imunomoduladores homeopáticos modularam os níveis de citocinas, aumentaram a capacidade fagocítica de macrófagos e a capacidade dos linfócitos T de reconhecerem agentes estranhos. Além disso, eles também reduziram os níveis de fator de necrose tumoral (TNF-α) e espécies reativas de oxigênio.

Assim, essa nova forma de terapia potencializa as ações do sistema imunológico, resultando num combate mais efetivo contra os tumores e sendo fundamental no controle do surgimento de metástases, além de não conter efeitos colaterais. Portanto, podendo começar a ser usada como tratamento complementar à quimioterapia e radioterapia.


Fonte:

https://homeoterapica.com.br/imunomoduladores-homeopaticos/

107 visualizações

ENBM - Encontro Nacional de Biomedicina Todos os direitos reservados

R. Prof. Dr. Antônio Celso Wagner Zanin, Nº 250, Distrito de Rubião Junior, Botucatu - SP. 

CEP 18618-689 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle