MC XI - The timing makes the poison: a toxicologia e as origens fetais das doenças

A expressão the dose makes the poison (a dose faz o veneno), atribuída a Paracelsus, é um dos paradigmas centrais da toxicologia. Na visão de Paracelsus, considerado o pai da toxicologia, todas as substâncias químicas são tóxicas e a dose é o principal determinante da toxicidade. Nesta apresentação, discutiremos o período (ou janela) de exposição como um outro fator determinante para a manifestação de efeitos tóxicos de agentes químicos, com ênfase nos efeitos de agentes desreguladores endócrinos, substâncias capazes de mimetizar ou interferir na disponibilidade e/ou ação de hormônios endógenos. Dentre os efeitos adversos causados por desreguladores endócrinos destacam-se os efeitos sobre o sistema reprodutor, uma vez que a diferenciação e a manutenção desse sistema são amplamente dependentes da sinalização hormonal. Discutiremos os efeitos tóxicos induzidos pela exposição gestacional ao dietilestilbestrol, um composto estrogênico sintético que foi utilizado como medicamento por gestantes entre as décadas de 1940 e 1970, e os efeitos adversos sobre a diferenciação sexual de ratos decorrentes da exposição pré-natal a ésteres de ftalato, agentes usados como plastificantes e aditivos em uma grande variedade de produtos de consumo. Também abordaremos estudos epidemiológicos que corroboram os achados de estudos com animais de laboratório, indicando que desreguladores endócrinos podem causar efeitos adversos sobre o sistema reprodutor, particularmente após a exposição durante janelas críticas para a diferenciação sexual. Por último, serão mostrados alguns dos resultados obtidos no Laboratório de Fisiologia Endócrina e Reprodutiva Animal (LABFERA) da UFPR, tanto em modelos animais quanto em um recente estudo coorte gestacional, o Estudo Curitibano de Investigação do Ambiente e Reprodução (CUIDAR). Mostraremos dados de biomonitoramento do CUIDAR que indicam a ampla exposição de gestantes de Curitiba a alguns desreguladores endócrinos, assim como resultados experimentais que demonstram a atividade desreguladora endócrina de alguns desses agentes químicos.

Local: Sala 11 - Central de Aulas de Medicina

Início às 8h

Dr. Anderson Joel Martino Andrade

Possui graduação em Farmácia-Bioquímica (1999) e mestrado em Farmacologia (2002) pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e doutorado em Farmacologia/Toxicologia pelo Charité Universitaetsmedizin Berlin (2007). Atualmente é Professor Associado II do Departamento de Fisiologia da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência nas áreas de Fisiologia e Toxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Reprodução e Biologia do Desenvolvimento; Toxicologia Reprodutiva; Desreguladores Endócrinos.

ENBM - Encontro Nacional de Biomedicina Todos os direitos reservados

R. Prof. Dr. Antônio Celso Wagner Zanin, Nº 250, Distrito de Rubião Junior, Botucatu - SP. 

CEP 18618-689 

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle